Pesquisa aponta inacessibilidade de site culturais